Voltar

Utilização do telefone fixo cai apesar do aumento do número de acessos

Ouvir com ReadSpeaker
22.11.2018

O número de acessos telefónicos atingiu quase 5 milhões no final do 1.º semestre de 2018, mais 4,3% do que no 1.º semestre do ano passado.

Este crescimento, deveu-se sobretudo ao aumento dos acessos VoIP/VoB (mais 445 mil acessos), nos quais se incluem os acessos suportados em redes de fibra ótica e TV por cabo. No final do de junho, os acessos suportados em redes alternativas à rede tradicional (acessos analógicos e RDIS) representavam 67,7% dos acessos telefónicos principais.

No 1.º semestre de 2018 o número de clientes do serviço fixo de telefone era de cerca de 3,99 milhões, mais 2% em comparação com o 1.º semestre de 2017. O crescimento registado está associado à crescente popularidade das ofertas em pacote que integram telefone fixo – cerca de 91,5% dos clientes do serviço fixo tinha adquirido este serviço integrado num pacote.

O volume de minutos de voz utilizados diminuiu 7,5% em relação ao 1.º semestre do ano anterior, mantendo-se a tendência de queda que se regista desde o início de 2013. Esta descida explica-se com o crescimento dos pacotes que incluem serviços móveis com chamadas gratuitas para todas as redes e, ainda, à crescente utilização dos serviços OTT- Over-the-top (Ex.: Whatsapp e Messenger).

Em média, por cada acesso telefónico foram utilizados 86 minutos por mês: 61 minutos em chamadas fixo-fixo, 8 minutos em chamadas fixo-móvel e 4 minutos em chamadas internacionais.

Em termos de quota de mercado, a MEO ocupava o lugar de liderança (42,4%) seguida do Grupo NOS (37%) e da Vodafone (16,5%).
 

Infografia sobre serviço telefónico fixo (1.º semestre de 2018)

Infografia sobre serviço telefónico fixo (1.º semestre de 1018)

Consulte em ANACOM.pt a versão integral do último relatório sobre “Serviço telefónico fixo”.